domingo, 7 de junho de 2009











A MARGARIDA FRIORENTA








Era uma vez uma margarida em um jardim.




Quando ficou de noite a margarida começou a tremer.




Ai passou a borboleta.A borboleta parou de voar.




-Por que você está tremendo?




-Frio!




-Oh!É horrível ficar com frio!




E logo em uma noite tão escura!






A margarida deu uma espiadinha na noite.E se encolheu nas suas folhas.




A Ana Maria deve ter uma ideia:






-Espere um pouco!Eu voou para o quarto de Ana Maria.



-Psiu acorde.



-Ah?É vocÊ borboleta?Como vai?



-Eu vou bem.Mas a margarida está mal.



- o que é que ela tem?

-Frio,coitada.



-Então já sei o remédio.É trazer a margarida aqui para o meu quarto.


-Vou trazer já.


A borboleta pediu ao cachorro Moleque:


-Você leva esse vazo para o quarto de


Ana Maria?

Moleque era muito inteligente e levou o vaso até o quarto.

A margarida ficou na cabeceira de Ana Maria,ela se deitou,mas ouviu um barulhinho.Era o vaso balançando e tremendo de frio.

-Que isso?

-Frio.

-Ainda?Então já sei!Vou arranjar um casaquinho para você;

Ana Maria tirou o casaquinho da boneca e vestiu na margarida.

-Agora você esta bem.Durma e sonhe com os anjos.

Mas quem sonhou com os anjos foi Ana Maria.A margarida continuou a tremer.Ana acordou com o barulhinho outra vez.

-Vou arranjar uma casa para vocÊ!E Ana Maria arranjou uma casa para margarida.Mas quando ia adormecendo ouviu outro barulhinho...

Era Ana Maria Tremendo,então Ana Maria deu um beijo na margarida e ela parou de tremer,então a Ana Maria percebeu que a margarida estava na realidade sentindo falta de carinho!

Um comentário:

  1. ESTA HISTORIA E MUITO INTERESANTE PARABENS O AUTOR
    ♥♥♥

    ResponderExcluir